fbpx

Dieta low carb barata: Os melhores alimentos

Se você está adotando uma nova maneira de comer, como uma dieta pobre em carboidratos, pode estar se perguntando como sua conta de supermercado será afetada. No entanto, adotar hábitos mais saudáveis não precisa necessariamente ser um grande investimento monetário. Assim, é possível fazer uma dieta low carb barata

Muitos desistem de começar a dieta por pensar nos custos que terão. Isso porque logo aparece aquela ideia de que se gasta muito para seguir um estilo de vida mais equilibrado. 

Porém, não é preciso prejudicar as finanças para manter uma alimentação de qualidade. É possível emagrecer com sugestões de refeições simples e com alimentos acessíveis na dieta. O segredo? Você só precisa saber o que e como escolher. Confira dicas e truques para seguir uma dieta low carb barata. 

Primeiros passos

Mesmo para quem não está seguindo uma dieta específica, estar ciente do custo dos alimentos e tentar manter um orçamento é uma experiência comum. Mas, para os adeptos da dieta low carb, por conta das restrições, também é preciso levar em consideração o valor nutricional dos alimentos, além de seguir um cardápio variado e equilibrado. 

Portanto, para quem deseja economizar dinheiro em compras, ajuda conhecer os verdadeiros itens básicos de uma dieta low carb – e os que não são essenciais. 

Os elementos básicos de uma dieta low carb se enquadram em três categorias: proteínas, vegetais e gorduras. Depois de determinar os alimentos que compõem a maioria das refeições com baixo teor de carboidratos, priorize esses itens da sua lista de compras e seja mais seletivo em relação a qualquer extra. 

Assim, a fazer compras para cada categoria, existem estratégias específicas que você pode usar para obter o máximo de nutrição usando menos do seu dinheiro.

Leia também: Dieta: 40 alimentos baratos e saudáveis

Proteína

Carne, peixe e outras fontes de proteínas podem ocupar grande parte do seu orçamento de supermercado. Embora a proteína seja uma parte essencial da sua dieta, você não precisa necessariamente comer muito para obter os benefícios.

O primeiro passo para economizar dinheiro e seguir uma dieta low carb barata é saber quanta proteína você realmente precisa comer. Comece calculando suas necessidades de proteína em gramas. Depois de ter o número total, você pode dividi-lo em refeições.

A partir daí, pode decidir quanta proteína incluir no café da manhã, almoço, jantar e lanches. Dessa forma, saberá exatamente o que procurar ao ler os rótulos nutricionais e ao marcar itens na lista de compras.

Fontes de proteína mais baratas oferecem criatividade às refeições. Sim, os peitos de frango desossados ​​e sem pele são uma opção saudável. Mas, se você optar por um frango inteiro, é mais barato e oferece mais cortes para trabalhar. Com isso, dá para transformar os peitos em uma salada, usar a carne da coxa para uma sopa saudável e preparar as sobrecoxas na grelha. 

Além disso, feijão e lentilha são excelentes fontes de proteína e uma maneira fácil de preparar sopas e outros pratos sem gastar mais. 

Da mesma maneira, vale fazer dos ovos parte de suas listas regulares de compras. Eles são versáteis e um ótimo complemento para saladas, lanches saudáveis ​​e jantares fáceis, como omeletes.

Proteínas magras e baratas

  • Lagarto
  • Músculo
  • Fígado
  • Filé de frango
  • Ovo
  • Sardinha

Vegetais

Legumes e verduras que não são ricos em amido são um item básico de dietas com pouco carboidrato. Mas, se você não planejar adequadamente, comprar vegetais frescos pode ser um desperdício de dinheiro. Quem já teve que jogar fora vegetais que murcham porque nunca chegou a usá-los, conhece o sentimento. Por isso, se prestar muita atenção ao seu estoque pessoal de produtos, poderá evitar desperdícios. 

Com isso, congelar a maioria dos vegetais é fácil, dadas as ferramentas certas. Você precisará de sacos ou potes que sejam seguros para o congelador.

Outra dica é comprar sazonalmente. Também dá para considerar o cultivo de vegetais em casa. Mesmo que não tenha espaço para horta, vale saber que algumas ervas e temperos verdes podem ser cultivados em vasos na varanda, no quintal ou no parapeito de uma janela ensolarada.

Vegetais baratos para colocar na dieta

  • Pepino
  • Chuchu
  • Ervas frescas

Gorduras

Os benefícios das gorduras saudáveis ​​encontradas no azeite de oliva, por exemplo, são uma importante fonte de gordura. No entanto, se você está tentando comer baixo teor de carboidratos, o custo desse óleo pode ser uma fonte de frustração no planejamento de refeições. Outras fontes alimentares de gorduras saudáveis, como abacates, óleo de coco, leite de coco e nozes variam em custo, dependendo da estação e de onde você mora. Nesse caso, compras no atacado e a granel são uma ótima maneira de economizar. Temperos, azeites e especiarias, por exemplo, podem ser caros por uma pequena quantia no supermercado. Porém, comprando pacotes e garrafas em lojas especializadas é possível economizar mais. O mesmo vale para nozes e outros itens.

Leia também: Maneiras fáceis de tornar a alimentação saudável mais barata

Desafio: Elimine 10kgs em 2 meses

Você vai emagrecer mais de 1kg por semana!

 
 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.