Dieta líquida detox: O que é, como fazer, seus benefícios e riscos

A dieta (emagreça com o Tecnonutri) líquida detox ajuda na perda de peso e a desinchar o corpo. No entanto, ela não deve se estender por mais do que o estipulado, pois manter uma dieta líquida por muito tempo pode causar desnutrição e implicar em outros riscos para a saúde. Por isso, a dieta só pode ser feita com orientação de um especialista.

Você sabe o que é uma  detox? Imagine dar um “reiniciar” no seu organismo, deixando para trás uma alimentação desregrada para adotar novos hábitos alimentares. A dieta de desintoxicação pode ser explicada dessa maneira. 

Assim, olhando à primeira vista, a dieta detox não tem muita diferença de uma dieta saudável. Mas, para cumprir o objetivo de desintoxicar o corpoo programa aposta em alimentos naturais e exclui os alimentos industrializados e aqueles com alto potencial alergênico, ou seja, laticínios, leite de soja, glúten, cereais refinados, açúcar, adoçantes, corantes, conservantes, café e álcool.

Portanto, o organismo elimina o excesso de toxinas, você recupera energia e emagrece sem sacrifício. 

Benefícios da dieta líquida detox

Previne a retenção de líquido

Por ser baseada na ingestão de líquidos, como sucos e água, a dieta líquida detox ajuda a desinchar o corpo, já que previne a retenção de líquidos. Em resumo, o corpo tende à retenção hídrica quando está desidratado, ou seja, quando não há ingestão suficiente de líquidos.

Leia também: Chás detox: Como beneficiam a saúde e receitas

Beneficia a saúde dos rins

Por prevenir a retenção hídrica, a dieta pode também, como consequência, prevenir doenças ligadas à saúde dos rins. Por exemplo, pode evitar a formação de pedras nos rins. O chá de quebra-pedra também combate a formação de cálculo renal.

Pele mais saudável

Ainda, a hidratação do corpo reflete diretamente sobre a saúde e a aparência da pele. Por isso, essa dieta pode prevenir a desidratação da pele e sua inflamação, que poderia causar o aparecimento de espinhas, bem como de manchas. Ainda, poderia levar ao envelhecimento precoce.

De acordo com um estudo realizado por cientistas de Portugal e da Espanha, a ingestão de água de uma pessoa tem impacto direto sobre sua pele. A mesma ideia é sustentada por uma pesquisa realizada na Alemanha, que relaciona a hidratação à barreira protetora da pele.

Leia mais: Suco detox: Benefícios e receitas para preparar em casa

Como fazer a dieta líquida detox

A princípio, a dieta não deve ultrapassar duas semanas de duração. Ainda, é possível incluir em seu cardápio não apenas sucos e vitaminas, mas sopas e caldos também. Isso ajuda a melhor nutrir o corpo durante esse período. Não só, recomenda-se incluir alimentos termogênicos na dieta.

Ainda, se a intenção da pessoa ao realizar a dieta for apenas desintoxicar o corpo, recomenda-se que ela seja feita por apenas 3 dias. No entanto, se o objetivo for a perda de peso, 15 dias serão necessários.

Além disso, é recomendável contar com o acompanhamento de um nutricionista ao realizar qualquer tipo de dieta, inclusive essa.

Sugestão de cardápio

Café da manhã

No café da manhã, a indicação é de beber um suco verde ou outra opção de suco detox. O suco verde requer apenas alguns ingredientes para seu preparo: 2 laranjas e 1 folha de couve.

Leia mais: Qual a diferença entre o suco detox e o shot detox?

Almoço e jantar

Para o almoço, recomenda-se uma sopa, como a sopa de abóbora, ou um caldo de algum tipo de legume leve e pouco calórico, como o chuchu. A mesma recomendação vale para o jantar.

detox

Restrições da dieta líquida detox e possíveis riscos

Por fim, a dieta líquida detox pode não ser uma boa ideia para todo mundo. Por isso, é contraindicada para pessoas que sofrem de pressão alta, diabetes, insuficiência renal ou que estão em tratamento para algum tipo de câncer. Em resumo, a restrição de nutrientes da dieta pode prejudicar essas pessoas.

Não só, praticar essa dieta por tempo maior do que o ideal pode implicar em riscos para a saúde, como, por exemplo:

  • Desaceleração do metabolismo
  • Mal-estar físico e mental
  • Náuseas e vômitos
  • Desnutrição

Leia também: Mitos da dieta detox: Conheça os principais

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo