Como manter a dieta em um churrasco

Quem não gosta de um bom churrasco? Seja pelos pratos saborosos ou pelo ambiente de socialização, o evento é sempre muito agradável.

Porém, para quem é fã de uma boa carne, mas está de dieta (emagreça com o Tecnonutri) , exagerar no tamanho das porções pode colocar em risco a boa forma. Principalmente, quando a festa é regada a maionese, pão de alho, farofa e bebida alcoólica.

O segredo de comer um churrasco, seja em casa ou em uma churrascaria, sem deixar a dieta de lado é ser seletiva e fazer trocas inteligentes. Confira algumas dicas:

Melhores carnes vermelhas para o churrasco

As melhores opções são: patinho, maminha, lagarto, filé mignon, coxão mole e coxão duro. Evite acém, alcatra, cupim, picanha, costela e fraldinha, pois estão na lista das carnes mais gordurosas.

Lembre-se de retirar os filetes de gordura e evitar (ou ao menos reduzir ao máximo) o uso de óleo. Procure, também, não acrescentar tanto sal.

Carnes suínas magras

Entre os menos gordurosos estão: lombo, filé mignon, patinho, lagarto, coxão duro e coxão mole. Entre as opções mais calóricas temos o pernil e a costela. Evite embutidos como o toucinho e a linguiça, que são muito gordurosos e contêm muito sódio.

Carnes brancas magras para o churrasco

De maneira geral, as carnes de aves são as mais magras. No entanto, é preciso retirar a pele antes de consumir. As melhores opções são: badejo, corvina, dourado, carpa, pescado, linguado e truta. Salmão, sardinha, anchova e atum possuem mais gordura, mas também são boas opções, uma vez que trazem ótimos benefícios para a saúde – especialmente, para o coração.

Legumes grelhados no churrasco

Que tal aproveitar os espetinhos para incluir não só carne, mas também alguns legumes? Pode ser berinjela, abobrinha, pimentão…

Reduza a bebida alcoólica

Se for beber, limite-se a uma latinha ou taça de vinho, só para não passar vontade. Contudo, optar por sucos de frutas naturais é sempre a melhor opção.

Acompanhamentos saudáveis

Procure substituir a maionese por vinagrete, que é uma opção muito mais saudável. Se puder, faça uma versão caseira, uma vez que é difícil saber a procedência do vinagrete que compramos nos estabelecimentos.

Substitua o pão de alho por pãezinhos integrais e o arroz branco pelo arroz integral. Em vez de utilizar a farofa, você pode pensar em maneiras criativas para usar a quinoa, chia e até gergelim.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.