Detox intestinal: O que é, como fazer e benefícios

O detox intestinal ajuda a eliminar peso e aumenta a imunidade, pois a saúde e o funcionamento do intestino impactam diretamente o sistema imunológico. Ainda, essa forma de detox também ajuda na eliminação de toxinas do corpo.

A importância da saúde intestinal

A saúde do intestino é essencial para a saúde de todo o corpo. Em resumo, o intestino tem como suas principais funções a absorção dos nutrientes e da água. Por isso, o mau funcionamento do intestino pode prejudicar a imunidade. Além disso, se estiver funcionando mal, o intestino tem maior dificuldade em eliminar as toxinas. Por isso, o detox, cuja principal função é desintoxicar o corpo, é recomendável nesse caso.

Você sabe o que é detox? Imagine dar um “reiniciar” no seu organismo, deixando para trás uma alimentação desregrada para adotar novos hábitos alimentares. O detox do intestino pode ser explicado dessa maneira. 

Ainda, é preciso lembrar que grande parte das doenças e inflamações que afetam o corpo começam no intestino. Ou seja, o cuidado com a sua saúde é mais que necessário.

Leia mais: Butirato: O que é e como beneficia a saúde do intestino

Como fazer o detox intestinal

A princípio, o detox não deve ser feito sem a ajuda de um profissional da saúde, como um nutricionista. Basicamente, ele trata-se de um protocolo que pretende “dar um choque” no corpo, a fim de que o intestino passe a funcionar melhor.

Esse “choque” só é possível com mudanças na alimentação. Sendo assim, a dieta (emagreça com o Tecnonutri) deve ser ajustada e o consumo de alimentos ricos em fibras e probióticos deve aumentar. Dessa forma, o intestino passa a funcionar melhor e a digestão torna-se mais fácil.

detox intestinal

Leia também: Quer um intestino saudável? Evite esses alimentos

Sugestão de cardápio para o detox intestinal

Café da manhã

O café da manhã, a primeira refeição do dia, deve ser nutritivo. Não só, a quebra do jejum deve ser feita por uma refeição rica em fibras. Por isso, na refeição matinal alguns alimentos são boas sugestões, como, por exemplo:

Leia mais: Probióticos e prebióticos: Qual a diferença?

Almoço

O almoço também deve rico em fontes de fibras, porém, é ideal incluir também uma fonte de proteína à refeição. Um típico almoço detox inclui uma salada verde, legumes cozidos, uma carne magra ou ovo e leguminosas (fontes de fibras e proteína).

Posteriormente, no lanche da tarde, o consumo de frutas é uma boa ideia. Frutas ricas em fibras principalmente, como a melancia, o melão, a manga e a tâmara seca.

Leia também: Frutas ricas em fibras para colocar na

Jantar

Já no jantar, o ideal é optar por uma sopa ou um caldo, pois são nutritivos, porém leves e ricos em água. A hidratação do corpo é essencial para a saúde intestinal. Por isso, beber água é tão importante quanto consumir alimentos ricos em fibras.

Refeição da Dieta Paleo

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo