Como lidar com a depressão durante a quarentena

O isolamento social devido à pandemia do COVID-19 está afetando todos os aspectos da vida, especialmente a saúde mental e bem-estar. E, segundo estudos, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) depressão e ansiedade duplicaram durante a quarentena. A preocupação e o medo com os riscos que a doença pode trazer e um futuro incerto são alguns fatores que contribuem para isso.

Além disso, um estudo chinês mostrou que quase 35% dos entrevistados relataram problemas psicológicos devido à pandemia. Para pessoas que já vivem com depressão, o coronavírus é uma complicação adicional. Quem não tinha depressão clínica antes, também pode apresentar sintomas.

A depressão é uma doença mental que vai muito além do que ficar triste. Assim, afeta a maneira como você se sente, pensa e age. As pessoas podem não ser capazes de se concentrar ou até enfrentar simples perspectivas da vida cotidiana, como acordar de manhã e se vestir.

Especialistas dizem que quem lida com problemas de saúde mental pode ser mais vulnerável durante a pandemia global. Isso porque o estresse emocional piora sua condição preexistente, e a quarentena pode impedi-los de acessar seus tratamentos usuais, como ir a sessões de terapia.

Leia mais em: Coronavírus: O que você precisa saber para se cuidar

Dicas

Dessa maneira, para lidar com a depressão durante a quarentena, existem algumas estratégias que podem ajudar as pessoas a permanecerem tranquilas em tempos difíceis:

  • Tentar seguir uma rotina normal – dentro do possível;
  • Limitar o tempo gasto com as notícias e as mídias sociais;
  • Fazer exercícios;
  • Ter uma dieta balanceada;
  • Dormir o suficiente;
  • Evitar álcool e drogas;
  • Concentrar-se no que você pode controlar;
  • Manter relações sociais.

A depressão é uma condição grave de saúde mental, mas é tratável. Portanto, se os sintomas persistirem e você sentir que está afetando sua vida, busque ajuda profissional. Os dois componentes principais do tratamento para a depressão são medicamentos e psicoterapia. 

Leia também: Como lidar com a quarentena quando você mora sozinho

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo