Motivos para cozinhar mais em casa

Seja por falta de hábito ou de tempo, muitas vezes deixamos de preparar nossa própria comida, optando pelo serviço de entrega e saindo para comer. Porém, cozinhar mais em casa pode trazer benefícios, para a saúde e, com certeza, para o bolso.

Motivos para cozinhar mais em casa

É mais fácil se manter em uma dieta saudável

Por vezes, ao comer fora de casa nos deparamos com muitas tentações: cardápios lotados de opções calóricas, sobremesas chamativas e mais. Por isso, ao cozinhar mais em casa é possível planejar as refeições e seguir na dieta.

Leia mais: Receitas saudáveis para o almoço de domingo

É possível escolher os ingredientes

Ainda, quando cozinhamos nossa própria comida, podemos escolher os ingredientes exatos que usaremos e, assim, nos certificamos da qualidade do que ingerimos. Não só, isso também ajuda a manter a dieta em ordem, pois assim sabemos a quantidade exata de cada item adicionado à receita, especialmente ingredientes que, em excesso, podem sabotar o processo de emagrecimento, como o sal (sódio) e o azeite de oliva.

Leia mais: Como escolher os alimentos na hora da compra

A economia é grande

Cozinhar em casa é, geralmente, bem mais barato que pedir comida ou do que sair de casa para ir até um restaurante. Ou seja, além de ser melhor para a dieta, cozinhar mais em casa poderá ter um grande efeito positivo no bolso.

Leia também: Maneiras fáceis de tornar a alimentação saudável mais barata

Pode virar uma atividade terapêutica

Além de colocar suas habilidades na cozinha à prova, cozinhar pode virar um verdadeiro passatempo e, de certa forma, uma prática terapêutica. O ato de cozinhar é meditativo por si só. Por isso, diversas clínicas de saúde mental começaram a usar a culinária como um tipo de terapia comportamental. 

Leia mais: Cozinhar pode reduzir o estresse. Entenda o motivo

Mais tempo com a família e amigos

Ao cozinhar em casa é possível passar mais tempo em família e com amigos, reunindo todos em celebrações e festas, por exemplo. Além disso, pode ser uma forma de incentivar as crianças desde cedo a aprender a preparar suas próprias refeições, além de motivá-las a se alimentar de forma saudável.

Leia mais: Dieta saudável na infância reduz risco de doenças na vida adulta

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo