Correr duas vezes no mesmo dia, pode? Saiba mais

A corrida é um dos exercícios aeróbicos mais praticados. Ele traz diversos benefícios para o condicionamento físico – especialmente para quem deseja emagrecer (emagreça com o Tecnonutri) . Para muitas pessoas, correr duas vezes no mesmo dia é algo distante. Mas, você sabia que a prática pode contribuir em vários aspectos?

Em primeiro lugar, uma das principais vantagens de correr duas vezes ao dia é melhorar o tempo de recuperação. Se você optar por uma corrida leve de manhã, ficará mais ativo para mais uma sessão à tarde. 

Dessa maneira, realizar duas corridas de 40 minutos é mais útil do que correr por mais de uma hora. Pois, quando corremos duas vezes ao dia, a produção de hormônios do crescimento também se multiplicam. Para quem deseja construir músculos, pode ser uma ótima alternativa.

Além disso, correr duas vezes leva o indivíduo ao esgotamento, contribuindo para a queima de calorias. 

No entanto, se você nunca correu mais de uma vez por dia pode ser uma tarefa difícil. Pois o seu corpo necessita se acostumar. Portanto, é fundamental ter o auxilio de um educador físico, para que ele indique o quanto você deve correr e por quanto tempo.

Dividir o treino em 2: Qual o objetivo

A ideia de correr duas vezes no mesmo dia é, na verdade, pensando em dividir a corrida em duas etapas. Por que? Duas corridas de 40 minutos costumam dar mais resultados do que uma sessão de 80 minutos. Pois, quando corre duas vezes, você tem o dobro da produção de hormônios do crescimento (a produção atinge um pico de cerca de 40 minutos em uma corrida), o que ajuda a construir e reparar músculos.

Dicas para você correr da forma adequada

Preste atenção na sua postura

A postura durante a corrida é um dos fatores mais importantes para que a absorção do impacto seja feita do modo correto, evitando sobrecargas e possíveis lesões no futuro. Portanto, opte por estar sempre com a coluna ereta, os ombros relaxados e os cotovelos e joelhos semiflexionados.

Contrair o abdômen durante o treino também é imprescindível, pois isso fará com que os músculos que sustentam a coluna se mantenham fortalecidos, evitando que o peso vá para a lombar.

Mantenha-se hidratado

Se você deseja praticar qualquer atividade física, não esqueça de beber água, principalmente para correr. 

Quando nos exercitamos, a taxa de transpiração aumenta e perdemos, em média, de 1 a 2 litros de líquidos por hora de atividades físicas. Assim, quando ocorre a perda de líquidos e a transpiração não é compensada, há um desequilíbrio na regulação da temperatura,  o que leva à diminuição do rendimento e ao surgimento de problemas para a saúde.

A desidratação causa diversas reações no corpo, como: sede, náusea, dor de cabeça, tontura, falta de ar e boca seca. Dessa maneira, se você correr desidratado, não terá um bom treino.

Leia também: Corrida intervalada: Benefícios e como funciona

Controle a respiração

De fato, a respiração é um fator extremamente importante em nossas vidas, especialmente nos treinos. 

Pode parecer difícil, mas controlar a respiração ajuda a manter os níveis da frequência cardíaca e ativa os músculos abdominais, tornando o seu treino mais eficaz.

Leia também: Musculação e aeróbico no mesmo dia, pode?

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo