O que acontece com o corpo quando você não se exercita

Com a correria do dia a dia, há que deixe de lado a prática de atividades físicas por falta de tempo ou disposição. Porém, não são poucos os resultados negativos no corpo e na mente de se levar um estilo de vida sedentário. Mas você sabe exatamente o que acontece com o seu corpo quando você não se exercita?

Existem diversos tipos de exercícios, e todos eles trazem benefícios à saúde. Contudo, o fato de não se exercitar de nenhuma maneira pode ter um grande impacto no corpo. 

Para começar, não praticar nenhuma atividade aumenta significativamente o risco de desenvolver problemas de saúde sérios. Isso porque o sedentarismo pode antecipar mais fortemente a mortalidade do que outras causas como tabagismo e pressão alta. Veja o que acontece com o seu corpo quando você não se exercita.

Coração

Como qualquer outro músculo, o coração responde à tensão do treino, ficando mais forte. Assim, sem exercício, você não está fornecendo o estímulo que coração precisa para ficar mais forte, e isso pode piorar sua saúde.

Leia também: A importância de se exercitar corretamente em casa

De acordo com um estudo publicado em 2018 em uma revista especializada, muitos dos benefícios que a atividade física proporciona podem ser derivados da melhoria da saúde cardiovascular. Também melhora a circulação e a pressão sanguínea. 

Cérebro

Qualquer parte do corpo está sujeita ao envelhecimento, com o cérebro não é diferente. Mas, o exercício aeróbico ajuda a retardar o envelhecimento cerebral e o declínio cognitivo, de acordo com um estudo feito em janeiro de 2020. Dessa maneira, se você não se mantém em movimento, o cérebro estará mais vulnerável aos efeitos desse declínio relacionado à idade. Além disso, a prática de exercícios pode ajudar a melhorar a memória e aprendizado. 

Humor

Além de afetar o funcionamento do cérebro em geral, o comportamento sedentário também altera a química do cérebro. Segundo um estudo feito em 2018, ficar sedentário por mais de três horas por dia foi associado a um maior risco de apresentar sintomas depressivos. 

Em um outro estudo feito também em 2018, publicado na Preventine Medicine Reports, os pesquisadores descobriram que, mesmo em adultos saudáveis, as mudanças no comportamento sedentário previam fortemente mudanças no bem-estar mental.

Ossos e articulações

Exercícios de alto impacto, quando praticados de maneira eficiente, podem ajudar a evitar a osteopenia e a osteoporose. Manter a flexibilidade pode ajudar a evitar lesões por quedas e manter os indivíduos capazes de realizar atividades por muito mais tempo. 

Um estudo publicado em um jornal especializado descobriu que partes do corpo submetidas a exercícios de grande impacto tinham uma redução na perda de massa óssea e aumento da rigidez – mudanças que atuam como uma barreira ao desenvolvimento de osteoporose.

Risco de câncer

Embora os pesquisadores não tenham descoberto ao certo todos os fatores de risco do câncer, uma coisa é clara: se você não se exercita, o risco de certos tipos de câncer aumenta.

O câncer é atualmente a segunda principal causa de morte no mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). É causado por alterações no DNA dentro das células (mutações genéticas).

Com base nos resultados de 25 estudos que analisaram 17 tipos de câncer, o comportamento sedentário foi associado a um aumento da incidência do câncer de endométrio e ovário e, potencialmente, também do câncer de mama, colorretal e pulmonar.

Leia também: A importância de se exercitar corretamente em casa

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo