Ver TV ajuda quem quer se sentir conectado socialmente na quarentena

Muitas pessoas estão passando mais tempo assistindo aos programas e séries favoritos por conta do isolamento social. E, alguns até se sentem culpados pelas horas na frente da televisão. Mas, de acordo com um estudo, ver TV no período de quarentena pode ajudar quem deseja se sentir conectado socialmente durante a pandemia.

Uma pesquisa feita pela Universidade de Buffalo, em Nova York, relatou que estratégias sociais não tradicionais, chamadas de “prazeres culpados”, são tão eficazes para satisfazer necessidades sociais quanto conexões familiares, relacionamentos românticos ou sistemas de apoio fortes.

Segundo a coautora do estudo e professora de psicologia da Universidade, Shira Gabriel, nosso cérebro tem dificuldades para diferenciar entre relações reais e o tipo de conexão que sentimos com o mundo social. Como por exemplo, em livros e em programas de TV. Mas, na verdade, isso pode ser realmente bom para as pessoas.

Conectado à distância: Como funcionou o estudo

Shira estuda o significado de estratégias sociais não tradicionais há mais de uma década. Dessa maneira, sua pesquisa atual é a primeira a examinar e comparar estratégias sociais tradicionais e não tradicionais e sua eficácia.

Leia também: Coronavírus: O que você precisa saber para se cuidar

Assim, ela e os outros pesquisadores fizeram mais de 170 perguntas aos participantes sobre seu bem-estar e conexões sociais. As respostas foram avaliadas com base em algo que a equipe chama de “tanque de combustível social”.

Os participantes relataram até 17 maneiras diferentes de preencher seus “tanques sociais”. A maioria observou estratégias sociais tradicionais e não tradicionais.

Para a professora, existe uma necessidade de conexões sociais, assim como uma necessidade básica de comida. Portanto, quanto mais tempo você fica sem esse tipo de conexão, mais baixo fica o “tanque de combustível”. Com isso, as pessoas começam a ficar ansiosas, nervosas ou deprimidas, porque carecem de recursos necessários.

Dito isso, é importante ressaltar que estes não são substitutos para estar conectado pessoalmente. Entretanto, em momentos de quarentena, as estratégias podem nos ajudar a nos sentir conectados e encontrar mais significado em nossas vidas. Afinal, uma vez que muitas formas tradicionais de conexão não são possíveis, os meios não tradicionais podem ser bons substitutos.

Leia também: Como evitar o ressentimento em tempos de isolamento

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo