Como treinar o cérebro para responder a crises

O perigo, real ou percebido, envia nossos cérebros para o modo de lutar ou fugir como um meio de proteção. Muitas vezes, como resposta, entramos em crise. Em tempos de isolamento esse cenários vem aumentando com o excesso de notícias e o medo por não saber quando tudo isso acabará. Mas, a boa notícia é que existem maneiras de treinar o cérebro para interromper essa resposta automática ao medo e responder a uma crise da melhor maneira possível.

O trabalho principal do cérebro é nos manter seguros. Fazer o coração bater, dizer ao corpo quando comer e, diante de uma crise, entrar automaticamente em resposta de luta ou fuga.

Além disso, a maneira como se percebe o mundo afeta a maneira como se reage em casa situação.

Portanto, temos que nos tornar participantes ativos das nossas próprias vidas, a fim de mudar a maneira como vemos o mundo. Saiba como treinar seu cérebro para isso:

Leia também: Qual é a diferença entre estar ansioso e ter ansiedade?

Aceite seus sentimentos, não lute contra eles

Geralmente, ao ter sentimentos desconfortáveis, somos estimulados a esquecê-los ou ignorá-los. Por exemplo, ver TV, navegar pelas redes sociais ou comer, são maneiras de irracionais de evitar as emoções.

Porém, ninguém pode mudar o que está sentindo e, sim, mudar a maneira como escolhe responder a essas emoções. Dance, faça uma refeição nutritiva e se exercite. Assim, você terá consequentemente hábitos mais saudáveis. Consequentemente, deixará a mente mais sã para enfrentar qualquer crise.

Seja amoroso e compassivo consigo mesmo

Não se culpe por estar ansioso e oprimido. Tudo o que estamos enfrentando é normal, pois estamos lidando com tempos sem precedentes.

Portanto, responda a si mesmo da mesma maneira que poderia confortar alguém que ama. Tirando da mente o pensamento de “eu deveria ter feito isso” ou “eu não deveria ter feito isso”.

Medite

A meditação é uma ótima opção para se acalmar e afastar pensamentos de medo e ansiedade. Facilita as ações que o ajudarão no futuro. Assim, se você lidar com as emoções difíceis, elas passarão por você. As emoções nunca desaparecem, simplesmente aparecem de uma maneira diferente, por isso é importante saber lidar com os sentimentos.

Leia também: Meditação: Tudo o que você precisa saber sobre a prática

Respire

A respiração é responsável por trazer diversos benefícios. Embora existam várias técnicas diferentes de respirar, siga estes passos:

  1. Encontre o ponto em seu corpo em que sua dor ou desconforto está se manifestando. (peito apertado, dor de cabeça, dor de estômago).
  2. Coloque a palma da mão direita nessa parte do corpo.
  3. Inspire e expire. A cada expiração, concentre-se em liberar esse desconforto.

Essa ação pode ajudar a limpar sua mente e fundamentá-lo no momento presente, em vez de permitir que sentimentos de ansiedade e “e se” o dominem.

Leia mais em: Ansiedade: O que é, sintomas e como controlar

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo