Como aprender a gostar de ficar em casa durante a quarentena

Nas últimas semanas, medidas foram tomadas para reduzir a aglomeração e conter a propagação do coronavírus (COVID-19). Assim, todos devem permanecer abrigados em isolamento social. No entanto, ficar em casa pode ser difícil para alguns.

Trabalhar em casa e ter que cuidar dos filhos e dos afazeres domésticos ao mesmo tempo é uma das maiores dificuldades. Além disso, o estresse acaba contribuindo para discussões e desentendimentos na família. Portanto, se você estiver enfrentando conflitos, veja algumas dicas de como aprender a gostar de ficar em casa de uma vez por todas.

Crie zonas separadas em sua casa

Seja um escritório improvisado ou um espaço para se cuidar, tente criar zonas separadas em sua casa. Assim, você evitará trabalhar no conforto da sua cama, por mais tentador que seja. Trabalhar no quarto pode agravar a insônia e levar à má qualidade do sono – o que também pode aumentar os problemas de relacionamentos pessoais. 

Leia também: Coronavírus: O que você precisa saber para se cuidar

Torne o ambiente funcional e aconchegante

Para ajudar a cultivar um relacionamento positivo com sua casa, tente fazer essas ações:

  • Funcionalidade: Em um espaço pequeno, é importante ser prático. Não compre impulsivamente e tenha um sistema organizacional rigoroso. 
  • Embelezamento: Seja arte, aromas ou tecidos, encontre o que faz você se sentir feliz e à vontade.
  • Limpeza: Considere as práticas diárias e semanais de limpeza e higiene. Portanto, mantenha os sapatos do lado de fora e esterilize superfícies frequentemente tocadas para que sua casa fique segura. Pense na limpeza como uma maneira de expressar gratidão pelo seu espaço.
  • Respirando vida no espaço: Não há nada trazer toques de natureza para dentro e, assim, melhorar o foco, a calma e o bem-estar mental. 
  • Criando energia segura: Aplique o feng shui e práticas científicas para otimizar sua casa e seja seletivo sobre quem você permite em sua casa (com pandemia ou não).

Leia também: Feng Shui: O que é e dicas simples para inseri-lo em sua casa

Regule seus horários

Para funcionar melhor, precisamos regular nosso sono. Portanto, se você é o tipo de pessoa que fica acordado durante a madrugada, você deve ajustar seu horário de trabalho.

Leia mais em: Como ser uma boa companhia durante a quarentena

Dito isso, considere também usar esse tempo em casa para trabalhar em um ritmo mais personalizado. Por exemplo, pessoas com transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) tendem a funcionar melhor em períodos de 15 a 20 minutos. Enquanto aqueles com maior tempo de atenção funcionam melhor em sessões de uma hora. Descubra qual fluxo realmente funciona para você maximizar sua produtividade e tranquilidade.

Conecte-se socialmente, mesmo isolado

Ficar em casa durante a quarentena não significa que você não deve manter contato com os amigos e familiares virtualmente. Seja por ligação ou chamada de vídeo, para desabafar e conversar sobre suas conquistas.

Portanto, planeje um tempo para as pessoas. Então, separe algum momento do seu dia para criar pequenos grupos ou sessões individuais de chamadas. 

Leia também: Como sair do “modo sobrevivência” nos dias de hoje

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo