Como comer doces sem comprometer a dieta

Quem está de dieta pode se deparar com uma vontade imensa de comer doces. Mas, para muitos, dieta é sinônimo de restrição e, com isso, essa e outras delícias precisam ficar de fora do cardápio.

Contudo, na verdade, se engana quem pensa que sobremesas precisam ficar necessariamente de fora de uma alimentação saudável. Antes de qualquer coisa, para emagrecer (emagreça com o Tecnonutri) , é preciso moderação, tanto na quantidade quanto no tamanho da porção.

Outro segredo para comer doces sem comprometer a dieta é realizar trocas inteligentes, com substituições simples, mas que são capazes de deixar receitas tradicionais mais saudáveis, com menos carboidratos, açúcar, gorduras e calorias. 

emagrecer com low carb

Comer doces x dieta saudável

É fato que açúcar em excesso faz mal. Quando ingerimos açúcar, nosso corpo produz insulina. Esse é um mecanismo normal, fisiológico e necessário para que a glicose entre nas células e se transforme em energia, fundamental para que a gente possa viver. Mas, quando ocorre uma superprodução desse hormônio, as células podem se tornar resistentes a ele, o primeiro passo para gerar aumento de peso e até o desenvolvimento de diabetes.

Reeduque o seu paladar e aprecie doces menos exagerados na quantidade de açúcar. Veja as dicas abaixo: 

Tente comer doces naturais

Frutas secas como, damasco, tâmara e uva passas são excelentes opções. Bananada sem açúcar e bolos funcionais ricos em fibras, como aveia e farinha de coco, também podem ser consumidos, porém, sem exageros. 

Leia também: Como emagrecer com saúde de forma definitiva e em casa

Prefira o chocolate amargo

Chocolate é unanimidade. No entanto, se você sentir vontade de comer doce, poderá fazer uma escolha mais saudável escolhendo o chocolate amargo – mas são as versões acima de 70% cacau que contam, que são ricas em antioxidantes. 

No entanto, como o chocolate ao leite, o tipo amargo contém açúcar e gordura, portanto, é melhor limitar-se a alguns quadrados para satisfazer seu desejo.

Aposte em picolé de fruta caseiro

Os picolés caseiros funcionam como saborosos substitutos para doces artificiais, e ainda oferecem todos os benefícios das frutas sem o açúcar extra e os ingredientes das opções industrializadas. 

Para prepará-los, basta misturar a sua escolha de frutas com água, suco ou leite. Despeje a mistura em moldes de picolé ou copos plásticos, coloque um palito de picolé no centro de cada um e congele.

Se você preferir uma textura cremosa, misture com iogurte integral – ou simplesmente insira um palito diretamente no potinho de iogurte e congele para uma sobremesa rápida.

emagreça com jejum intermitente

Opte por comer doces com adoçantes naturais

Se precisar de um adoçante, sempre escolha os naturais à base de stevia, xilitol e eritritol. Porém, também devem ser consumidos com moderação.

Tente maçã assada com canela

Maçãs são ricas em fibras, vitaminas, minerais e outros compostos vegetais. Uma maçã de tamanho médio (182 gramas) contém 17% da recomendação de ingestão diária para fibra, 9% para vitamina C e antioxidantes poderosos, incluindo polifenóis, que podem proteger contra doenças crônicas. 

Para fazer maçãs assadas, corte-as em pedaços, adicione um pouco de óleo de coco e canela e asse por 20 a 30 minutos a 176 ° C.

Leia também: Substituições simples na alimentação que ajudam a

Oleaginosas torradas com mel

Nozes, amêndoas e castanhas são fonte de ácidos graxos insaturados, que reduzem os fatores de risco para doenças cardíacas. 

Elas também são ricos em fibras, proteínas de alta qualidade e compostos benéficos para a saúde. 

Assá-las com mel é uma receita saborosa é fácil de fazer na hora que bater a necessidade de substitutos para doces.

Reduza o açúcar aos poucos

A restrição severa está associada a comportamentos perigosos, como a compulsão alimentar. A falta de outros carboidratos – comum em planos de emagrecimento – também pode gerar o efeito rebote, ou seja, mais vontade de comer doce.

Leia os rótulos

A primeira coisa a se fazer para identificar a quantidade de açúcar é ler a parte de trás das embalagens e procurar a tabela nutricional. Portanto, confira quanto carboidrato o alimento possui. Muitas embalagens especificam as gramas de açúcares neste tópico. Dê preferência aos carboidratos complexos, como pães e massas integrais.

Outra dica é procurar a lista de ingredientes. Pelas leis brasileiras, os ingredientes utilizados precisam estar em ordem de quantidade. Ou seja, os primeiros da lista são os que mais compõem o alimento.

Leia também: Dicas de como comer pizza sem sair da dieta

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.