Chia: Benefícios do superalimento que ajuda emagrecer

Pequena, porém repleta de poderes. O consumo da semente de chia cresceu com os hábitos saudáveis, e não é para menos. 

Reza a lenda que em tempos passados, os guerreiros da Guatemala (seu local de origem) ingeriam grandes quantidades de sementes de chia, porque havia a crença de que o alimento era capaz de suprir a fome em situações de privação alimentar. Isso porque em contato com água ou saliva, ela cria uma espécie de gel que ajuda a promover saciedade, além de ser útil para dar liga em receitas

Os benefícios da chia

Rica em diversos nutrientes

Quase 30 g de chia pode conter 7 g de fibras, 4 g de proteína, 126 mg de cálcio, além de vitaminas do complexo B, ferro, zinco e ômega-3. Duas colheres de sopa cheias (o equivalente a 28 g) fornece essa dose de substâncias benéficas para a saúde. 

Fácil de ser incluída na dieta

É um alimento acessível, encontrado em supermercados, empórios e feiras. Sua versatilidade em receitas acaba com as desculpas para consumo: as sementes de chia podem ser incluídas em sucos, bolos, pães, saladas, vitaminas etc. 

Ajuda a emagrecer

Graças à capacidade de absorver água, as sementes de chia incham em contato com líquidos, formando um gel. Ao entrarem no estômago, também ativam a mesma reação e a atuação das fibras, que são responsáveis por reduzirem a sensação de fome. Consequentemente, a necessidade de comer mais é diminuída, um fator essencial para a perda de peso. Uma pesquisa publicada no European Journal of Clinical Nutrition reuniu 11 pessoas, que consumiram a semente de chia por 12 semanas. Após as refeições, notou-se que a glicose era liberada mais lentamente no organismo, sem picos de insulina. Esse processo evita que a gordura se acumule no corpo. Outra percepção foi a diminuição do apetite, comparado com um grupo que não ingeriu o alimento. 

Leia também: Os temperos e ervas mais saudáveis para incluir na dieta

Retarda o envelhecimento precoce

Por ter uma grande oferta de antioxidantes, a chia pode, sim, ajudar a combater os radicais livres que causam o estresse oxidativo, conhecido por envelhecimento precoce. Uma pesquisa publicada na Gerontology Research Center (EUA) comprovou esse benefício, alegando que os antioxidantes da chia são capazes de diminuir os radicais livres.

Regula o colesterol

Fonte das gorduras do bem ômegas 3 e 6, que ajudam a reduzir os níveis de LDL, considerado o colesterol “ruim” e elevam as taxas de HDL, o colesterol “bom”.  As fibras da chia também têm ação de reduzir a gordura no sangue, consequentemente equilibrando as taxas de colesterol.  

Reforça o sistema imunológico

Os minerais selênio e zinco presentes na chia ajudam a dar mais força para imunidade, que aliado a uma dieta equilibrada pode reduzir as chances de  inflamações e resfriados. 

Mais benefícios para não deixar a chia de fora do cardápio

  • Atua na saúde cerebral
  • Melhora o inchaço e, como consequência, processos inflamatórios como a celulite
  • Participa da saúde das unhas e cabelos
  • Previne doenças cardiovasculares

Leia também: Glúten pode afetar a pele e causar acne?

Como consumir

Aqui, mais ideias para incrementar sua alimentação com a chia.

Substituta dos ovos em receitas

O gel da chia faz as vezes do ovo, que é ingrediente essencial em receitas para dar liga. Você pode misturar uma colher de sopa de farinha de chia com 60 ml de água para formar o gel. Essa quantidade equivale a um ovo. 

Com iogurtes e misturas estilo overnight

Ideal para ser consumida no café da manhã, prepare essa refeição na noite anterior. Misture duas colheres de chia com seu iogurte favorito, duas colheres de aveia. Deixe na geladeira durante a noite e consuma logo cedo, com suas frutas favoritas.

Com água de coco e sucos

Deixe duas colheres de sopa de chia imersas no seu suco ou água de coco por uns 30 minutos. 

Outras formas de consumi-la

  • Em mingaus e bolos
  • Em vitaminas
  • Sobre pratos quentes, como finalização

Fonte: Giselle Santos, nutricionista graduada pela universidade São Camilo, pós-graduada em nutrição esportiva funcional, fisiologia do exercício e fitoterapia. É atleta de elite do CrossFit do Brasil e proprietária da clínica Healthy Spot e da Laricas Fitness, empresa especializada em doces fitness.

Leia também: Psyllium: O que é e quais os benefícios

Desafio 7kgs em 6 semanas!

Chegue no verão com o corpo que você quiser!


 
 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.