Chá de quebra pedra: Benefícios da bebida

O chá de quebra pedra, uma planta também chamada de pimpinela branca e conami, é uma bebida de propriedades medicinais que beneficiam principalmente a saúde dos rins, ajudando a prevenir a formação de cálculos renais (pedras nos rins). Seu nome científico é Phyllantus niruri.

emagreça com o Tecnonutri) com low carb">

Benefícios do chá de quebra pedra

Protege a saúde dos rins e previne o cálculo renal

Apesar do nome “quebra pedra”, o chá não combate o cálculo renal, mas o previne. Devido à ação diurética, a bebida evita que o oxalato de cálcio, principal componente químico responsável pela formação das pedras, se aglomere nos rins.

Leia mais: Benefícios da dieta mediterrânea para os rins

Combate a retenção de líquido

A retenção hídrica, ou seja, de líquido pode ser causada por diversos fatores, inclusive devido à desidratação. No entanto, o chá de quebra pedra é hidratante e diurético e, portanto, pode impede esse acúmulo excessivo de água no organismo. Ainda, um possível efeito colateral da retenção é o aparecimento de celulites no corpo e o aumento da pressão arterial. A planta também promove o relaxamento do sistema urinário, o que facilita a eliminação da urina.

Fortalece a imunidade

A bebida é rica em antioxidantes, em especial os flavonoides. Por isso, ela ajuda a combater inflamações no corpo e consequentemente fortalece a imunidade.

Ajuda na digestão

Outro possível efeito colateral da retenção de líquido é a constipação. Mas, o chá ajuda na digestão e facilita o trânsito intestinal uma vez que ele previne a retenção hídrica.

Previne problemas no fígado

Por ser diurético, trabalha a favor da eliminação das toxinas através da urina. Por isso, previne que essas toxinas se acumulem também no fígado. Ainda, pode evitar que doenças, a exemplo da hepatite B, prejudiquem o órgão.

Leia também: Melhores alimentos para a saúde dos rins

Como fazer o chá de quebra pedra

  • 5 colheres de sopa de folhas secas de quebra pedra
  • 1 litro de água fervente

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo