Chá de cipó cravo: Propriedades e benefícios

O chá de cipó cravo é feito a partir de uma planta brasileira típica da Mata Atlântica e que possui propriedades digestivas e afrodisíacas. É uma bebida que mais conhecida por aliviar azia, gases e até sintomas de gastrite, atuando como analgésica.

O cipó cravo leva esse nome pois seu aroma é similar ao do cravo-da-índia, ainda que não sejam parecidos. Em algumas regiões também pode ser chamado de cipó trindade.

Benefícios do chá de cipó cravo

Ajuda na digestão

O chá é principalmente usado para aliviar problemas relacionados à digestão, como o excesso de gases e a diarreia.

Estimula a libido

Ainda, o chá é naturalmente afrodisíaco, ou seja, estimula a libido. Seu efeito afrodisíaco é eficaz tanto em homens quanto em mulheres.

Leia também: Alimentos que impulsionam a libido

Estômago saudável

Além de ajudar a tratar os problemas mais relacionados com o intestino, também beneficia a saúde do estômago. Sendo assim, por seu efeito analgésico, auxilia principalmente no alívio dos sintomas de gastrite, refluxo gastroesofágico e demais irritações estomacais, como azia – sensação de queimação na região do esôfago e no peito, que pode provocar dor ou incômodo.

Leia mais: Alimentos que ajudam a controlar a gastrite

Como preparar o chá de cipó cravo

  • Infusão das folhas secas de cipó cravo – encontradas à venda em lojas de produtos naturais;
  • Água fervente por cerca de 10 minutos;
  • Deixe descansando e espere o chá estar morno. Em seguida, coe e, então, a bebida estará pronta para o consumo.

Como afrodisíaco, o ideal é tomar de 1 a 5 ml e no máximo três vezes ao dia.

Leia também: Qual é a diferença entre chá e infusão? Entenda

Contraindicações e outras formas de consumir o cipó cravo

A princípio, o chá de cipó cravo é contraindicado para gestantes, lactantes e crianças pequenas.

Não só, a planta também pode ser utilizada na forma de tintura ou como óleo essencial.

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo