Caules comestíveis: O que são e quais os benefícios

Alguns caules são comestíveis e podem promover diversos benefícios para a saúde, especialmente por serem, em sua maioria, fontes de fibras e muitas vezes contêm mais nutrientes que qualquer outra parte das plantas.

Há três tipos de caules: os aquáticos (desenvolvidos dentro d’água), os aéreos (desenvolvidos na superfície) e os subterrâneos, localizados abaixo do solo.

emagreça com o Tecnonutri) com low carb">

Caules comestíveis X raízes comestíveis

Caules e raízes comestíveis são duas categorias de alimentos diferentes, mas que podem ser confundidas facilmente. No caso das raízes comestíveis, os nutrientes desses alimentos se concentram na própria raiz. Já os caules comestíveis reservam sua energia em caules que podem ter formas diversas.

Caules comestíveis e suas propriedades

Caule de brócolis

O caule de brócolis é comestível e contém diversas vitaminas, inclusive a anti-inflamatória vitamina C. Não só, essa porção do vegetal é rica em antioxidantes, proteínas e minerais, como ferro e potássio. Pode ajudar a prevenir a anemia e auxilia no fortalecimento da imunidade.

Aspargos

Os aspargos, brancos, verdes ou selvagens, são considerados caules comestíveis. Além de saborosos e versáteis, eles são nutritivos, contendo principalmente antioxidantes, como os flavonoides, e fibras, que auxiliam no trânsito intestinal e previnem a prisão de ventre.

Caule do rabanete

O rabanete é uma raiz geralmente consumida crua em saladas. O que nem todos sabem é que seu caule também é comestível.

Caule de batata-doce

O caule da batata-doce também pode ser consumido e nele há diversos nutrientes. Pode ser aproveitado na forma de chá, como molho ou refogado.

Palmito

O palmito também é um caule comestível – retirado do interior das palmeiras. Além disso, é um alimento leve e versátil que pode integrar as mais diversas receitas. Ainda, é fonte de nutrientes como o cálcio e o potássio, dois minerais importantes.

Caule da couve

Rico em ferro, proteína vegetal, antioxidantes e fibras, ele pode beneficiar a saúde de muitas formas. Por exemplo, incluí-lo na alimentação pode ajudar a combater a anemia, facilitar a digestão, além de fortalecer a imunidade. Ainda, pode ser usado de diversas formas, como no preparo de sucos, de sopas e de caldos. Além disso, são pouco calóricos (cerca de 7 calorias por caule), portanto, pode beneficiar quem pretende perder peso.

Ruibarbo

O ruibarbo é mais um caule apto para consumo. Em geral, sua cor varia entre vermelho e verde e ele pode ser consumido de muitas formas – cozido, fresco, em sucos, em sopas e mais. Além disso, ele é fonte de vitamina A, de potássio e de fibras. No entanto, apesar de seu caule ser comestível, suas folhas podem ser tóxicas.

Leia mais: Como aproveitar talos, sementes e folhas dos alimentos

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo