Devemos consumir as cascas das frutas e vegetais?

Alguns dos alimentos mais nutritivos que podemos (e devemos) ter como parte de nossas dietas são as frutas e os vegetais. Mas, será que devemos descascá-los ou é melhor consumi-los integralmente, inclusive com as cascas?

Esse descarte não é incomum. Porém, esse hábito é, na verdade, um erro. Afinal, as cascas são lotadas de bons nutrientes e propriedades muito ricas e aproveitáveis pelo organismo. 

Certamente os nutrientes presentes e suas quantidades variam. Porém, de modo geral é possível dizer que as cascas são parte essencial do alimento.

Leia mais: Como higienizar frutas e vegetais

Casca de maçã

A casca de uma maçã possui 332% mais vitamina K que o restante da fruta. Ainda, 142% mais vitamina A e 115% mais vitamina C. Sendo assim, é excelente para a saúde e especialmente para o fortalecimento da imunidade.

Casca de batata

No caso da batata, quando cozida sem ter sido descascada, ela possui 175% mais vitamina C, 115% mais potássio e 110% mais magnésio e fósforo a que uma batata cuja casca foi removida.

Não só, ao descascar uma fruta ou um vegetal perde-se também grande parte de suas fibras e antioxidantes. As fibras são essenciais para o funcionamento intestinal, para a imunidade e ajudam a proteger a saúde cardiovascular. Os antioxidantes também exercem diversas funções essenciais no organismo, atuando na saúde ocular, no metabolismo, na pele e na imunidade.

Casca de laranja

Assim como a própria fruta, a casca de laranja também é rica em diversos nutrientes, incluindo fibras, vitamina C e compostos vegetais como polifenois.

De fato, apenas 1 colher de sopa (6 gramas) de casca fornece 14% do valor diário (VD) de vitamina C – quase 3 vezes mais que a polpa. A mesma porção também contém cerca de 4 vezes mais fibras. 

Benefícios das cascas

Promovem saciedade

Por ser lotadas de fibras, as cascas ajudam a prolongar a sensação de saciedade, o que evita que comamos em excesso e, como consequência, ajuda na perda de peso.

Leia também: Alimentos que controlam o hormônio da fome

Prevenção de doenças

Visto que são também ricas em antioxidantes, fortalecem a imunidade, o que protege o organismo de ser afetado por doenças como infecções virais e, por exemplo, a gripe. Dessa forma, a ação protetora do sistema imunológico é beneficiada.

Cuidados no consumo

Cascas precisam ser cuidadosamente higienizadas. A razão para isso é que, além de micróbios e bactérias que possam estar ali presentes, é comum que esses alimentos entrem em contato com pesticidas e agrotóxicos. Por isso, a limpeza não deve ser negligenciada.

Leia mais: Bicarbonato de sódio tira agrotóxicos dos alimentos?

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo