Bulking na musculação: O que é, como funciona e como fazer

Para quem deseja construir mais músculos, o bulking pode ser uma ótima opção. Esse método de musculação foca em aumentar o volume de massa magra, para alcançar a primeira fase da hipertrofia.

Em uma tradução literal, bulking significa “aumentando”, então, o intuito é aumentar o peso para tonificar os músculos. Com o ganho de calorias, em seguida, há a necessidade de transformar esse excesso de peso em massa muscular, esse período é chamado de cutting.

Desse modo, o bulking é uma etapa utilizada especialmente por fisiculturistas e bodybuilders. Contudo, também pode ser realizado por pessoas que frequentam a academia e não competem. 

O importante é seguir as orientações de um nutricionista que irá indicar os alimentos adequados, bem como um instrutor para que os exercícios sejam realizados de acordo com o objetivo.

Leia também: Treino tri-set: O que é e quais são os benefícios

Como funciona

Durante o processo do bulking, é fundamental consumir mais calorias do que você gasta. Portanto, o ideal é ter uma dieta (emagreça com o Tecnonutri) hipercalórica, com o consumo maior em carboidratos, proteínas e gorduras saudáveis.

Leia também: Método Agonista-Antagonista: Como funciona o treino

Atividades físicas de alta intensidade, como o HIIT, por exemplo, são recomendadas por apenas 15 minutos.

Existem duas estratégias principais de bulking, que devem ser estabelecidas pelo instrutor e nutricionista, que são elas:

Buking limpo

No bulking limpo, o ganho de massa muscular acontece de forma mais saudável e de forma lenta e gradual. A pessoa mantém o controle de cada alimento que está consumindo, dando preferência a alimentos saudáveis e funcionais. Assim, traz os nutrientes corretos para o corpo, pensando sempre a curto, médio e longo prazo. 

Leia também: Treino bi-set: Conheça a metodologia de hipertrofia

Bulking sujo

Já no bulking sujo, não há preocupação na alimentação. Então, o consumo de carboidratos e gorduras não é saudável, o que contribui não só com o aumento de peso, mas também com o de gordura. Embora não seja saudável, nesse tipo de bulking o processo de ganho muscular é mais rápido.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo