Entenda como a bondade pode ajudar a aliviar a ansiedade

Quando passamos por períodos de estresse extremo, pode ser complicado saber como reduzir os pensamentos ansiosos. Principalmente se você está em quarentena devido ao novo coronavírus (COVID-19). O excesso de notícias pode estar contribuindo para o aumento da ansiedade. Mas, segundo estudos a bondade pode ajudar a aliviar a ansiedade.

Como funcionou o estudo

O estudo foi feito pela Dignity Health – organização sem fins lucrativos – nos Estados Unidos, que conduziu a pesquisa com viajantes, pois a maioria das pessoas (82% dos pesquisados) considera a viagem estressante. E foi encontrado uma maneira interessante de reduzir o estresse: ser gentil. 

Leia também: Como ser mais gentil com você mesmo

Quando somos gentis com os outros – ou os outros são gentis conosco – nosso corpo libera serotonina, hormônio que provoca sentimentos de bem-estar e felicidade. Além disso, atos de bondade também podem produzir ocitocina, o que ajuda a dilatar os vasos sanguíneos e leva ao aumento do fluxo sanguíneo.

Mas, ao contrário do que muitos imaginam, gestos de bondade podem aparecer em formas pequenas. Assim, quando você pensa em um gesto gentil como algo tão simples quanto um sorriso, pode até se tornar difícil agir de outra maneira.

Leia mais em: Coronavírus: O que você precisa saber para se cuidar

Dessa forma, lembre-se da bondade ao interagir com os amigos e familiares por telefone ou chamada de vídeo durante o distanciamento social. Com os níveis de estresse, ansiedade e incerteza elevados ultimamente, não há um tempo melhor para ser bondoso.

Dito isso, mais de metade das pessoas que participaram da pesquisa se sentiu melhor por serem gentis com os outros. Por isso é tão importante expressar a bondade humana, mesmo em tempos em que nos sentimos estressados o tempo todo. 

Leia também: Como diminuir a obesidade infantil em tempos de coronavírus

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo