Conheça os benefícios do tomate

Perfeito para o preparo de molhos, sucos, drinques e pratos de todo o tipo, o tomate é tecnicamente uma fruta, porque é portador de sementes e se desenvolve a partir do ovário de uma planta com flores. Mas quando se trata de nutrição, os tomates – juntamente com pepinos e abobrinhas – são classificados como vegetais.

A classificação se deve, em parte, ao baixo teor de carboidratos e açúcar: um tomate médio fornece apenas 22 calorias e cerca de 5 gramas de carboidrato total, com 3 de açúcar e 1,5 de fibra. Também é repleto de nutrientes e tem sido associado a uma variedade de benefícios para a saúde. 

Leia também: 5 benefícios do morango

Aqui estão sete motivos para você consumir (ainda mais) dessa iguaria:

Fonte de vitaminas

Um único tomate pode fornecer cerca de 40% da quantidade diária recomendada de vitamina C. Além disso, é rico em vitamina A, que beneficia a imunidade e saúde da pele; vitamina K, que é boa para os ossos; e potássio, um nutriente essencial para a função cardíaca, contrações musculares e manutenção de uma pressão sanguínea saudável.

É cardioprotetor

O vegetal contém um antioxidante chamado licopeno, que é responsável pela sua cor vermelha. Pesquisas sugerem que, em termos de benefícios para a saúde do coração, é mais eficaz comer tomates e derivados do que tomar suplementos de licopeno. Outros estudos mostraram que os níveis sanguíneos mais elevados de licopeno estão ligados a menores taxas de mortalidade para pessoas com síndrome metabólica – um conjunto de fatores de risco que aumentam as chances de desenvolver doenças cardíacas, diabetes e derrame.

Melhora a visão

O licopeno também é bom para os olhos. E esse não é o único nutriente que protege a visão no tomate: ele contém luteína e beta-caroteno. Segundo pesquisa, esses nutrientes protegem contra doenças como catarata e degeneração macular.

Aumenta a saúde digestiva

O fluido e a fibra do tomate podem ser úteis se você for propenso a constipação. Apenas esteja ciente de que, em algumas pessoas, a acidez de tomates cozidos pode desencadear ou piorar refluxo ácido e indigestão.

Ajuda com o controle do diabetes

Tomates podem ser um alimento protetor para pessoas com diabetes tipo 2: em um estudo, pessoas com diabetes que se alimentaram com tomates por 30 dias apresentaram uma diminuição na peroxidação lipídica, uma reação em cadeia na qual substâncias chamadas radicais livres atacam a gordura, levando a danos que aumenta o risco de doença cardíaca. Isso é particularmente importante, porque o diabetes dobra o risco de derrame e ataque cardíaco.

Protege a pele

Um estudo de 2011 descobriu que a combinação de extrato de tomate e azeite  protegia contra danos causados ​​pelo sol e aumentava a produção de pró-colágeno, uma molécula que dá à pele sua estrutura e a mantém firme e jovial. Os cientistas acreditam que o licopeno no tomate é fundamental nessa função. 

Protege contra o câncer

Estudos descobriram ligações entre o composto licopeno e menor incidência de câncer de próstata, ovário, pulmão e estômago.

Leia também: 7 benefícios do cranberry

Vanessa Losano

Revisado por

Vanessa Losano - Nutricionista CRN3 34283

Nutricionista e coach de emagrecimento, saúde e bem-estar. Foco profissional em emagrecimento, lowcarb e doenças crônicas não transmissíveis. Atua na empresa tech fit e atende em consultório, além de ministrar cursos e palestras na área. Possui cursos de atualização em Lowcarb, Fitoterapia, Avaliação Antropométrica e Nutrição Esportiva.

 
 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.