Avelã: propriedades e benefícios da oleaginosa

A avelã tem sido cultivada por seres humanos desde a Antiguidade e se tornou popular em todo o mundo. É com ela que se faz a famosa nutella. Além de seu sabor agradável, suas propriedades também merecem atenção.

Em princípio, trata-se de um fruto seco e oleaginoso que nasce na árvore conhecida como aveleira. Na verdade, a parte comestível é sua semente, que é especialmente rica em vitamina E, vitaminas do complexo B e minerais essenciais, como o magnésio.

Benefícios da avelã

Ajuda na recuperação muscular

Excelente fonte de proteína, a avelã é especialmente benéfica para atletas e praticantes de esportes de intensidade, como a musculação. Por isso, é recomendada para quem busca ingerir mais proteínas e não quer consumir produtos de origem animal ou a carne

Leia também: 7 fatores que impedem você de ganhar músculos

Previne o envelhecimento precoce da pele

Proteína, vitaminas e antioxidantes compõem a avelã. Por isso, ela também ajuda a combater a ação de radicais livres no organismo, que são os maiores responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele, dentre outras coisas. Assim, os antioxidantes da semente oleaginosa ajudam a combater seus efeitos e mantêm a pele com um aspecto jovial. Também, sua abundância em vitamina E protege a pele contra a ação dos raios ultravioleta do sol.

Leia mais: Alimentos que garantem uma pele saudável e lisinha

Controla o nível de colesterol

Ainda que bastante calóricas, as avelãs são aliadas da perda de gordura. Não só, são especialmente benéficas para a saúde do coração, pois ajudam no controle do nível de colesterol presente no organismo. Ainda, auxilia no emagrecimento, por ser fonte de fibras e, portanto, é capaz de melhorar o trânsito intestinal. 

Leia também: O que causa o colesterol alto

Outros benefícios da avelã:

  • Melhor absorção de cálcio no organismo;
  • Melhora da memória;
  • Controle da pressão arterial;
  • Tratamento para anemia.

Como consumir a avelã

Por fim, a semente poderosa pode ser consumida in natura, a forma mais comum de apreciar suas propriedades e benefícios. A quantidade ideal diária varia de pessoa para pessoa, dependendo de suas atividades rotineiras. Mas, a FDA (Food and Drug Administration) recomenda aproximadamente 40 grama de avelãs. Entretanto, há diversas outras formas de consumi-la e muitas delas são ótimas opções veganas, como:

  • Azeite e óleo de avelã;
  • Torrada ou na salada;
  • No leite;
  • Leite e manteiga de avelã;
  • Cremes;
  • Panquecas e doces diversos.
panqueca de avelã e mel
Panqueca de avelã e mel

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo