Dicas de autocuidado para quem está em isolamento

Diante dos acontecimentos que estamos vivendo de isolamento social por conta da pandemia do coronavírus, é importante manter a rotina de autocuidado. Diferente do que se pensa, o autocuidado não se restringe apenas a aspectos do corpo, como cuidar do nosso cabelo, pele e vestimentas. Mas, significa cuidar da nossa saúde mental e bem-estar.

Fazer home office e cuidar das tarefas de casa não é nada fácil. Existem, inclusive, pesquisas mostrando que trabalhar em casa pode aumentar os níveis de estresse. Portanto, cuidar da saúde e bem-estar é essencial para viver em tempos de isolamento e não acabar “pirando”.

Veja algumas dicas de autocuidado destinadas a inspirar sua saúde mental a qualquer momento, para que você se sinta menos estressado e mais resiliente em momentos de ansiedade.

Priorize o sono 

Um sono adequado e de boa qualidade mantém o sistema imunológico funcionando da melhor maneira possível, para combater infecções e vírus como o novo coronavírus. Além disso, segundo cientistas, dormir bem é uma das principais maneiras de controlar o estresse, pois a privação do sono nos torna mais sensíveis. 

Pratique atividade física

Ficar isolado em casa não quer dizer que você precisa passar o dia todo vendo televisão. Assim, é importante praticar atividade física, pois você não apenas mantém o corpo saudável como também diminui o risco de doenças agudas como o coronavírus. O exercício libera endorfinas (hormônios que fazem você se sentir bem) e está associado a um menor risco de transtornos de humor e melhora geral do humor e bem-estar. 

Leia mais em: Melhores exercícios aeróbicos para fazer em casa

Evite comer irracionalmente

Quando ficamos em casa, a vontade de comer aumenta, é inevitável. Portanto, em vez de impor regras sobre quais alimentos são e não são proibidos, tente comer de forma intuitiva. Não é uma dieta, mas uma maneira de comer, ou seja, significa dar ao seu corpo o que ele precisa quando precisa. 

A alimentação intuitiva não restringe nenhum alimento específico ou conta calorias. É uma prática que você ouve seu corpo e presta atenção no que ele precisa naquele momento. 

Leia também: Mindful Eating: O método que ensina a comer de forma consciente

Coma lanches ricos em proteína

Comer lanches que contenham proteína é importante para ter mais energia durante o dia. A proteína promove a sensação de saciedade por mais tempo e evita a queda de energia que pode ocorrer quando comemos um lanche rico em carboidratos. Então, opte por ovos cozidos, nozes, iogurte e vegetais. 

Leia também: Como montar uma geladeira saudável nos tempos de coronavírus

Faça uma pausa para meditação

Meditar é mais simples do que parece: você pode fazer a qualquer hora, em qualquer lugar. A meditação é importante para o autocuidado. Pensar profundamente ou focar sua mente por um período determinado pode trazer diversos benefícios como reduzir o estresse, sintomas de depressão e ansiedade e regular o pensamento negativo.

Leia também: Como colocar a meditação na rotina

Tente relaxar com música

A musicoterapia emprega músicas para ajudar as pessoas a lidar com necessidades físicas ou emocionais, de acordo com a Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos. 

Dessa forma, ouça música nos momentos livres que tiver ou até mesmo trabalhando – diversas pessoas preferem pois se sentem mais concentradas. Afinal, quem não gosta de música?

Veja mais: Os benefícios da música para a saúde

Treine o cérebro para ser mais resiliente

Ser uma pessoa resiliente significa lidar com força e convicção nos altos e baixos da vida. Principalmente durante o caos que estamos vivendo, é necessário ter pensamentos positivos e acreditar que tudo vai dar certo.

Invista em atividades artísticas 

Seja colorir um livro ou qualquer outra atividade artística como desenhar, pintar ou tricotar pode ser relaxante para muitas pessoas. Para alguns, é a chance de diminuir as distrações e se concentrar em uma coisa de cada vez. Já para outros, é uma saída para expressar emoções que eles estão sentindo. 

Leia também: Autocuidado: O que é, como praticar e benefícios desse hábito

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo