Aspargo: Conheça os benefícios do vegetal

O aspargo é conhecido por ser saboroso e pouco calórico, por isso é grande aliado da dieta (emagreça com o Tecnonutri) . Por ser muito versátil, é utilizado em diversas receitas, enriquecendo-as com seus nutrientes.

Do mesmo grupo do alho e da cebola, é bastante comum nas culinárias inglesa, alemã e francesa. Porém, no Brasil ainda é pouco consumido, em partes por conta da pouca acessibilidade em encontrá-lo em mercados e feiras e pelo preço pouco atrativo.

Há uma variedade enorme de aspargos para ser consumida: fresco, em conserva, branco e verde e até roxo. Por aqui, é mais fácil encontrar o verde.

Rico em antioxidantes, especialmente os fenólicos e os flavonoides. Também, é fonte de vitaminas, principalmente a C, e minerais – essenciais para a saúde. 

Benefícios do aspargo

Combate a anemia

Rica fonte de ferro, o vegetal ajuda a combater os sintomas da anemia, bem como prevenir a condição. Também, ameniza os sintomas da depressão

Previne a osteoporose

Ao contrário do que muitos pensam, o leite não é a única fonte de cálcio. Na verdade, o aspargo é abundante neste mineral. Sendo assim, previne doenças que afligem os ossos, como a osteoporose.

Fortalece a imunidade

Altamente nutritivo, esse vegetal fortalece a imunidade, sendo assim, previne doenças, agindo diretamente em favor do sistema imunológico

Ajuda no emagrecimento

Pouco calórico e fonte de fibras, é um notório aliado da dieta. Ao ajudar na melhora do funcionamento do intestino, beneficia a flora intestinal e ajuda no emagrecimento. Da mesma maneira, é um poderoso diurético, por conter glúcidos e saponina, compostos que atuam na eliminação de líquidos por meio da urina. Em consequência, pode amenizar a retenção de líquido.

Leia mais: Dieta rica em fibras pode prevenir doenças do coração e diabetes

Como consumir

O aspargo pode ser desde um acompanhamento para carnes, peixes e aves, como também uma ótima entrada ou ingrediente para saladas. Versátil, pode ser adicionado em diversas receitas, como:

Cuidados no consumo

A princípio, não há contraindicações ao consumo. Entretanto, quando consumido em excesso, pode provocar um odor específico na urina. Mas, essa reação não traz nenhuma consequência maléfica à saúde.

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo