Artralgia: Entenda o que é e quais são os tratamentos

Já ouviu falar em artralgia? O nome pode não soar familiar. Mas, é uma condição comum, caracterizada por uma dor ou incômodo em uma ou mais articulações. Dessa maneira, essas dores podem estar relacionadas a diversos fatores. Como doenças e infecções. O termo tem origem grega e significa, literalmente, dor articular. 

Para entender melhor, as nossas articulações são compostas por ossos, cartilagens, membrana sinovial, tendões, ligamentos e enteses. Portanto, quando o nosso corpo sofre com algum tipo de quadro inflamatório nessas estruturas, o resultado é a dor articular.

Geralmente, as dores podem variar entre as crônicas ou as agudas, e a intensidade entre leve ou grave. 

As principais causas da artralgia incluem:

  • Osteoartrite (também conhecida como artrose);
  • Doenças metabólicas como a gota;
  • Doenças inflamatórias autoimunes como a artrite reumatoide e o lúpus;
  • Hepatites, dengue e algumas doenças bacterianas;
  • Traumas nas articulações.

Leia também: Melhores exercícios para quem sofre de artrite

Tratamento para artralgia: Saiba mais

Para evitar que as doenças citadas acima piorem ainda mais, é importante que o diagnóstico seja feito o mais rápido possível. Após ter o diagnóstico, o tratamento deverá ser feito dependendo de suas causas. Por outro lado, para as mais simples, os especialistas podem recomendar repouso, analgésicos e aplicação de gelo.

Leia também: Esticar os braços atrás das costas é difícil. O que o corpo quer dizer?

Assim, em casos mais graves, o médico pode prescrever os medicamentos específicos ou até mesmo uma cirurgia. Imunossupressores para a disfunção do sistema imunológico e antibióticos quando há uma infecção, são alguns exemplos.

Além disso, a fisioterapia também é uma ótima alternativa a longo prazo para aliviar as dores e restabelecer as funções. Assim, o tratamento é feito por meio de exercícios de fortalecimento e de alongamentos, com a ajuda de um profissional.

Leia também: Artrite reumatoide: Alimentos que aliviam os sintomas

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo