Apendicite: Melhores e piores alimentos para aliviar os sintomas

Apendicite é a inflamação do apêndice, um pequeno órgão linfático localizado no começo do intestino grosso (cólon). A função do órgão é oficialmente desconhecida, mas um estudo recente apontou que o órgão pode ter um impacto sobre o microbiota intestinal.

No entanto, quando está inflamado, ou seja, em caso de apendicite, pode causar forte dor abdominal, acompanhada de náuseas, vômitos, falta de apetite, febre e calafrios. Em geral, a apendicite resulta na remoção cirúrgica do apêndice. A alimentação é uma forma de aliviar tais sintomas.

Apendicite: Como a alimentação pode ajudar

O bom funcionamento do sistema digestório é essencial para prevenir apendicite e para ajudar em seu tratamento. Sendo assim, a alimentação é uma excelente forma de favorecer e facilitar a digestão. Por isso, há alimentos especialmente recomendados a fim de garantir a boa saúde do apêndice, assim como existem alimentos que devem ser evitados pelo mesmo motivo. Portanto, uma alimentação pobre em fibras e rica em alimentos gordurosos e ultraprocessados é a maior inimiga da saúde do apêndice.

Leia também: Vesícula biliar: Melhores alimentos para a saúde

Melhores alimentos

Os melhores alimentos para a saúde do apêndice são aqueles ricos em fibras, por isso, os principais itens recomendados em caso de apendicite são as frutas, os vegetais, as folhas e verduras, as leguminosas, os grãos integrais e as oleaginosas.

Alimentos fibrosos não apenas facilitam a digestão e promovem maior sensação de saciedade, mas são também naturalmente anti-inflamatórios. Portanto, ajudam a prevenir a inflamação no apêndice.

Leia também: Diverticulite: O que é, sintomas e qual é aapropriada

Piores alimentos

Alimentos pobres em fibras, ricos em gorduras e em açúcar e sódio são os piores inimigos da saúde do apêndice e do sistema digestório de forma geral. Por isso, a recomendação é evitar alimentos ultraprocessados, fast food e quaisquer alimentos com baixo teor de fibras e nutrientes importantes para a saúde.

Leia mais: Calorias vazias: O que são e como podem prejudicar a saúde

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo