Como evitar que a ansiedade da quarentena atrapalhe o sono

Como resultado da pandemia do coronavírus, provavelmente você está em uma montanha-russa de emoções e pensamentos. O confinamento é motivo de estresse e ansiedade para muitos. Além disso, também pode afetar o sono. Não é improvável que ultimamente suas noites estejam um pouco mais inquietas, não é mesmo? Por ser um momento de estresse, o sono é interrompido.

Leia mais em: Coronavírus: O que você precisa saber para se cuidar

Sempre pensamos em dieta e exercício como pilares da saúde e do bem-estar. Mas, o sono também é muito importante. Não dormir o suficiente aumenta o risco de ficar doente quando exposto a um vírus e retarda o processo de recuperação do seu corpo. Ao dormir, nosso corpo libera proteínas chamadas citocinas, que ajudam o organismo a se defender contra infecções, inflamações e estresse.

Pensando nisso, veja abaixo algumas dicas para seu sono ser de qualidade durante essa quarentena: 

Limitar o consumo da mídia 

As notícias ajudam a informar e, ao mesmo tempo, alimenta preocupações crescentes. Claro que temos que saber coisas que nos ajudarão, como o distanciamento social e a higienização correta. Porém, ler notícias 24 horas por dia irá aumentar a ansiedade e dificultar coisas do dia a dia.

Ficar longe da negatividade

Para acalmar a ansiedade, desative temporariamente alertas de notícias em seu celular e evite as mídias sociais. O objetivo é ficar longe da negatividade, o que pode deixá-lo mais tenso e com problemas para dormir.

Procure luz natural

Pode ser mais difícil do que o normal quando você está confinado em casa, mas faça questão de obter o máximo de luz possível. Abra todas as cortinas, pois isso ajudará a sentir necessidade de dormir à noite e acordar de manhã e durante o dia. De acordo com um estudo feito em 2019, a luz do dia natural em altas intensidades ajuda a dormir mais cedo e ter um sono de qualidade.

Adote técnicas de relaxamento

Para alguns, ler tranquilamente antes de dormir, ouvir música suave ou meditar para acalmar pode ajudar. Se você nunca meditou, pode baixar aplicativos na internet ou seguir vídeos no youtube para iniciantes.

Leia também: Guia de meditação para iniciantes

Movimente-se

Com as academias fechadas e isolamento social, talvez você não consiga acompanhar sua rotina habitual de exercícios. Portanto, tente um treino em casa, pois o exercício ajuda a combater o estresse e pode melhorar o sono. Mas evite atividades perto da hora de dormir, porque a estimulação pode dificultar o sono. 

Leia também: Treino de 4 minutos sem equipamento que trabalha o corpo todo

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo