Anorexia emocional: Conheça o medo de estabelecer vínculos

A anorexia, também chamada de anorexia nervosa, é um distúrbio de imagem corporal. Além de não comer, a pessoa que tem anorexia pode acabar exagerando nos exercícios físicos e no uso de medicamentos laxantes e diuréticos, sempre com a intenção de perder peso. Mas você já ouviu falar da anorexia emocional?

Embora não seja classificada como um transtorno pelos psiquiatras, a anorexia emocional é um problema muito comum. Trata-se da dificuldade de estabelecer vínculos afetivos e se envolver com outras pessoas. 

Na anorexia emocional, existe um bloqueio em que o indivíduo não consegue expressar sentimentos, pois tem medo da rejeição. Desse modo, pessoas com essa condição podem até se envolver emocionalmente com alguém, mas o nível de profundidade e intimidade se mantém estagnado e por pouco tempo. 

No geral, a compulsão sexual pode ser um sintoma da anorexia emocional. Isso porque o sexo pode ser uma maneira de aliviar a angústia e a ansiedade, além de trazer uma falsa satisfação momentânea.

Leia também: Alexitimia: A incapacidade de identificar emoções e sentimentos

comer bem e cuidar da mente

Causas

As causas envolvem diversos fatores. A anorexia emocional pode ocorrer, por exemplo, quando uma pessoa passa por frustrações e traumas em relacionamentos anteriores, o que a faz desistir de se relacionar com outras. 

Leia também: Dormência emocional: O que é, quais as causas e como tratar

No entanto, não existem estudos científicos sobre o assunto que comprovem algo. Para os especialistas, essa condição está relacionada a traumas, que também podem ocorrer na infância.

Tratamento

Geralmente, a anorexia emocional costuma ser tratada com a psicoterapia. O tratamento começa pelo entendimento dos traumas de infância e da vida adulta para que isso possa ser trabalhado. Além disso, também existe a possibilidade de grupos de autoajuda, que podem servir como apoio. Mas, é importante ressaltar que os grupos não substituem o tratamento com profissionais da área.

Leia também: Desapego emocional: O que é e como lidar

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo