Amendoim: Benefícios que você precisa conhecer

O amendoim é um petisco consagrado e muito querido. Mas, além de extremamente saboroso, é rico em propriedades cheias de benefícios para a saúde.

Ele é leguminosa, parente do feijão e da soja, e uma excelente fonte de gorduras boas, especialmente o ômega-3. Mas, suas propriedade não acabam por aí. Também, é altamente rico em proteínas e magnésio, um mineral essencial para a saúde do organismo.

Além do consumo em grãos, cresce também a oferta dos derivados, como a pasta, o leite e a farinha, que também oferecem vantagens ao organismo.

Embora bastante calórico (596 cal/100 g de sementes), o amendoim é um aliado da boa forma. Uma de suas principais vantagens é promover a sensação de saciedade. Além disso, é fonte de fibras, que demoram mais tempo para ser digeridas, prolongando esse efeito de “barriga cheia”.

Porém, é preciso cautela quando algumas das características do alimento forem modificadas. Pois amendoins adicionados de sal ou açúcar são considerados processados e, sendo assim, o Ministério da Saúde indica que o consumo deve ser limitado. 

Benefícios do amendoim

Protege a saúde do coração

Rico em ômega-3 e colesterol bom (HDL), o petisco também ajuda a proteger o coração, ou seja, atua no combate de ocorrência de doenças e problemas cardiovasculares. Por exemplo, ao auxiliar no controle do colesterol, pode manter as artérias e veias saudáveis e livres do acúmulo de gordura.

Leia mais: Alimentos que protegem o coração

Ajuda na recuperação muscular 

Ainda, por ser uma rica fonte de proteína, ele também beneficia atletas que buscam a recuperação muscular pós-treino e o ganho de massa magra. Ainda, não são apenas atletas que devem consumir proteína adequadamente – esse é um nutriente essencial para a saúde de todos. 

Antioxidante

É rico em vitamina E, um poderoso antioxidante, e vitaminas do complexo B. Tais substâncias estão relacionadas com o bom funcionamento das células nervosas, do coração e dos músculos. Ainda contém resveratrol, outro antioxidante relacionado à diminuição da incidência de câncer. Fósforo, magnésio e cobre complementam sua composição e auxiliam e protegem o sistema cardiovascular.

Protege o sistema nervoso

O amendoim é uma excelente fonte alimentar para garantir o suprimento adequado de vitamina B3, também chamada de niacina. Assim, a ingestão regular desse nutriente atua na proteção contra o desenvolvimento de doenças como o Alzheimer e o declínio cognitivo causado pela idade.

Como consumir amendoim

Além de seu popular consumo in natura, há outras formas de saborear o amendoim, como:

  • Como petisco;
  • Torrado;
  • Paçoca;
  • Pé de moleque;
  • Pasta de amendoim.

Leia mais: Pasta de amendoim ajuda a emagrecer?

Riscos do consumo

O amendoim está na lista de alimentos que mais causam alergias. Tal reação é provocada por proteínas alergênicas resistentes à digestão enzimática e apresentam alto grau de ligação a células de defesa do organismo, provocando o processo alérgico.

Assim, as reações causadas pelo amendoim incluem: asfixia, urticária, angioderma, rinite, eczemas, úlceras bucais, náuseas, prurido, diarreias, colapso cerebral, ataque cardíaco e até a morte.

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo