Alimentação ruim faz crianças serem até 20 cm mais baixas

Um recente estudo concluiu que a alimentação ruim faz crianças serem até 20 cm mais baixas. Ou seja, manter uma dieta (emagreça com o Tecnonutri) pouco nutritiva durante os primeiros anos de vida pode prejudicar o crescimento infantil.

A análise, feita entre 1985 e 2019, acompanhou mais de 65 milhões de crianças de 5 anos até adolescentes de 19 anos em 193 países diferentes. Como conclusão, os cientistas entenderam que as crianças em idade escolar tinham sua estatura prejudicada devido à pobre nutrição. Ou seja, a altura, bem como o peso de uma criança, são indicadores de saúde e qualidade de vida.

Leia mais: As vitaminas mais importantes para as crianças

Como a alimentação ruim faz crianças serem até 20 cm mais baixas

A pesquisa concluiu que a falta de alimentos de qualidade em certos países prejudica o crescimento das crianças e, não só, causa o aumento do índice de obesidade infantil.

Por exemplo, após um extenso recolhimento de dados, os cientistas se viram de frente a um dado chocante: em países em desenvolvimento como Bangladesh e Guatemala meninas de 19 anos têm, em média, a mesma estatura que meninas holandesas de 11 anos de idade (1,52 m).

Os jovens de 19 anos mais altos viviam na Holanda (183,8) e os mais baixos viviam em Timor Leste (160,1).

Durante a infância, quando o organismo está crescendo e se desenvolvendo, a alimentação tem um papel ainda mais importante. Também, os hábitos alimentares da idade adulta estão relacionados com os do período infantil. Portanto, a promoção de comportamentos alimentares saudáveis deve ser incentivada logo nos primeiros anos, para que permaneçam ao longo dos anos.

Leia mais: Adolescentes que pulam o café da manhã têm maior risco de obesidade

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo