Acordar no meio da noite e ficar com insônia: O que fazer

A cena já é conhecida: você consegue adormecer com facilidade quando vai para a cama. Mas, desperta no meio da madrugada e custa voltar a dormir. Acordar no meio da noite é considerado um tipo de insônia, e pode realmente atrapalhar a saúde. Isso porque, em geral, os adultos precisam de 7 a 9  horas de sono por noite para estar com as funções do organismo em dia.

Assim, dormir a noite toda é importante para os ciclos de sono com movimentos rápidos dos olhos (REM). Quando você acorda no meio da noite, o corpo demora um pouco para voltar ao sono REM, o que pode deixá-lo sonolento no dia seguinte. 

Existem muitas razões para acordar no meio da noite, alguns podem  até mesmo necessitar tratamento médico.

Leia também: Como a qualidade do sono afeta a saúde mental

Apneia do sono

A apneia do sono é quando você está acordado (ou se sente acordado) e sente vontade de recuperar o fôlego. Esse distúrbio diminui a velocidade e/ou interrompe a respiração enquanto você dorme. 

Mesmo se não perceber que está acordando, poderá notar sonolência diurna. Outros principais sintomas da apneia do sono são:

  • Ronco;
  • Ficar ofegante por ar enquanto dorme;
  • Dores de cabeça matinais;
  • Perda de concentração durante o dia.

No entanto, obter um diagnóstico completo é necessário buscar ajuda de um médico.

Ansiedade

A ansiedade pode ser um grande fator para você acordar no meio da noite com frequência. Isso ocorre porque você pode experimentar problemas induzidos pela ansiedade que irão te despertar, como batimentos cardíacos ou pesadelos.

Leia também: Quer dormir melhor? Aposte nos óleos essenciais

Além disso, algumas pessoas podem também ter ataques de pânico noturnos intensos, acordando no meio da noite. 

Dessa forma, converse com seu médico ou profissional de saúde mental sobre ansiedade e depressão. Eles podem recomendar terapia cognitivo-comportamental, medicação ou técnicas de relaxamento como meditação ou yoga.

Fatores ambientais

A tecnologia também pode ser um fator negativo no sono. Pesquisadores descobriram que celulares, televisores, tablets e notebooks possuem luzes que limitam a produção de melatonina. Um hormônio que regula a capacidade do cérebro de dormir e acordar.

Ir ao banheiro

A noctúria é uma condição em que se sente necessidade frequente de fazer ir ao banheiro durante a noite. As causas da noctúria incluem beber muito líquido antes de dormir, infecções do trato urinário e bexiga hiperativa. Diabetes também pode ser um fator.

Portanto, se reduzir a ingestão de líquidos à noite não reduzir o número de idas noturnas ao banheiro, consulte um médico para outras explicações possíveis.

Refeição pesada ou não comer o suficiente antes de dormir

Ter uma refeição pesada antes da hora pode dificultar o sono. Uma possível razão é o refluxo ácido e os gases, que podem resultar em dores e azia.

Por outro lado, ficar muito tempo sem comer também pode causar insônia. Pois o seu estômago “roncando” pode acordá-lo. Também pode ocorrer a hipoglicemia, que é quando o açúcar no sangue cai rapidamente. O que pode deixar a pessoa inquieta, com fraqueza, tremor, tontura e confusão.

Embora a hipoglicemia possa acontecer a qualquer pessoa, é muito mais provável em pessoas com diabetes. Se você tiver a doença, trabalhe com seu médico em um plano para manter o açúcar no sangue estável, inclusive durante o sono.

Dicas para dormir melhor 

  • Não fume ou beba café excessivamente. 
  • Faça exercícios regularmente, exercite-se pelo menos 5 horas antes de dormir.
  • Tente ter uma rotina para dormir e acordar todos os dias no mesmo horário.
  • Desligue os dispositivos eletrônicos antes da hora de dormir.
  • Mantenha o quarto escuro e fresco.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo