Açaí: Benefícios, calorias e como consumir

Delicioso em forma de creme e acompanhado de frutas e granola, o açaí é uma fonte de benefícios. Quem diria que essa frutinha, extraída de uma palmeira, fosse tão poderosa. Vem saber mais sobre essa iguaria: 

Benefícios do açaí

De origem tupiniquim (sim, ele é brasileiro), típico da região Norte, o açaí tem um combo de vitaminas e minerais que fazem um bem danado para a saúde.

Combate os radicais livres

Essa é sua principal “arma”, devido à abundância de resveratrol, delfinidina, petudinina e antocianinas (que dão a cor roxa para o açaí) que atuam na saúde dos vasos sanguíneos, eliminando os radicais livres que aceleram o processo de envelhecimento. Seus antioxidantes ainda são capazes de proteger o organismo contra o desenvolvimento de câncer.

Melhora o funcionamento intestinal

A riqueza em fibras (cerca de 2,6 g para 100 g de açaí) age diretamente na saúde dos intestinos, que funcionam melhor.

Controla os níveis de colesterol

O açaí contém alguns tipos importantes de gordura, como os ômegas 3 e 6, que atuam no equilíbrio entre colesterol “bom” (HDL) e “ruim” (LDL). É o que sugere um estudo da Universidade Federal do Pará, que analisou dois grupos distintos de pessoas: um que tomava bebida à base de açaí e outro que não consumia o alimento. Após 12 semanas, o primeiro grupo apresentou uma queda no LDL, algo que não ocorreu com o segundo grupo (que não consumiu o açaí). Com os colesteróis equilibrados, o coração é beneficiado, pois evita que o colesterol ruim se acumule nas artérias e cause doenças. 

Leia também: Alimentos com (quase) zero calorias

Ótimo para quem pratica esportes

Por ser fonte de carboidratos simples, é excelente para fornecer energia rápida para treinos intensos. Aposte nele se você pratica corrida, ciclismo ou outras modalidades que exigem resistência física. 

Evita quadros inflamatórios 

O zinco é o principal responsável, porque atua na regeneração de diversos tecidos, inclusive os que são naturalmente lesionados durante o exercício (musculação, por exemplo). Outra substância, a arabinogalactana, estimula a atividade das células de defesa do organismo, melhorando a sua eficácia.

Fortalece os ossos

Rico em cálcio, que atua na manutenção dos ossos e previne a osteoporose.

Leia também: Alimentos que combatem a compulsão por doces

Açaí ajuda a emagrecer?

As antocianinas, que ajudam a prevenir o envelhecimento precoce, também regulam o funcionamento das células de gordura. Mas, atenção: evite consumir em excesso, pois o açaí é um alimento altamente calórico. 

Apesar de ser fonte de gorduras boas, que dão uma força no emagrecimento, uma polpa de açaí tem 110 calorias. 

O ideal é restringir entre 100 g e 200 g, três vezes por semana. 

Consulte um nutricionista para ajustar as quantidades, caso você treine e queira incluir o açaí como uma opção de pré-treino em sua dieta.

Dicas e cuidados

  • Para curtir o açaí sem culpa, evite ingerir o alimento com outras coberturas, como leite em pó, leite condensado e xarope de guaraná, que incrementam o valor calórico da refeição. 
  • Se você gosta de consumir o açaí com granola, prefira as naturais, não industrializadas, pois têm menos aditivos químicos e açúcares.
  • Inclua o açaí em forma de polpa ou congelado em sucos, shakes e cremes. Uma boa pedida é bater a polpa (de preferência sem açúcar) com água de coco, que se torna uma opção de bebida leve e nutritiva. 
  • Ressaltamos o alerta para o consumo em excesso: além de levar ao ganho de peso, pode causar a hiperglicemia, que é o aumento de açúcar no sangue, que favorece o desenvolvimento de diabetes e é prejudicial para quem tem a doença. 

Fonte: Milena Lopes, nutricionista da Clínica NutriCilla. Pós-graduada em nutrição clínica pelo GANEP.

Desafio 7kgs em 6 semanas!

Chegue no verão com o corpo que você quiser!


 
 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.