fbpx

Abacaxi: Benefícios da fruta aliada do emagrecimento

Se existe uma fruta tão acessível e repleta de benefícios quanto a laranja, esta é o abacaxi. Em termos nutricionais, esse precioso alimento de sabor doce e ácido é bem parecido com a laranja, mas com atuação mais específica na saúde das unhas, pele e cabelos. Confira suas propriedades, benefícios e mais. 

Motivos para incluir o abacaxi em sua dieta

Repõe eletrólitos após a atividade física

Correu ou fez algum exercício que suou bastante? O potássio presente no abacaxi fornece os eletrólitos perdidos durante o treino. Inclusive, pode ser consumido durante o esforço físico para garantir o aporte de potássio. Assim, evita-se a fadiga precoce e suas consequências, como câimbras. 

Melhora a recuperação muscular

Outro componente, a bromelina, atua como anti-inflamatório sobre os músculos e articulações, melhorando a recuperação muscular. 

Controla os níveis de colesterol no sangue

As fibras são responsáveis por equilibrar as quantidades de colesterol, tanto do LDL (nocivo em excesso) e LDL (considerado “do bem”). De quebra, protege o organismo de doenças cardíacas, pois o evita-se o acúmulo de gordura nas artérias. 

Fruta parceira do emagrecimento

Como é riquíssima em água, tem efeito diurético que previne inchaços provenientes da retenção de líquidos. Por essa razão, é um alimento muito bem-vindo para mulheres gestantes, pois ameniza o desconforto do inchaço do período e não há contraindicações. Outro ponto positivo para o emagrecimento: as fibras atacam novamente, dessa vez contra a fome fora de hora, pois ajudam a prolongar a sensação de saciedade.  

Deixa as unhas, cabelos e pele mais bonitos

A bromelina, que atua como anti-inflamatório, também é responsável por evitar o aparecimento de acne na pele, manchas de idade e dá um up na elasticidade do tecido. Outros antioxidantes presente na fruta agem para unhas e cabelos mais fortes saudáveis. 

Dá uma força para a imunidade

As vitaminas A e C e a bromelina, em conjunto, fortalece o sistema imunológico. Como a bromelina possui ação anti-inflamatória, ajuda a melhorar crises respiratórias e estimula a eliminação de catarro e secreções. 

Potencializa a absorção de ferro

Assim como a laranja, o abacaxi ajuda a melhorar a síntese de ferro no organismo. Alie a fruta em refeições que contenham ferro para conseguir esse efeito. 

Atua na saúde dos olhos

A vitamina A e o betacaroteno realizam a manutenção das funções da visão e dão mais saúde para enxergar melhor e evitar doenças. 

Facilita a digestão

As enzimas presentes no abacaxi ajudam a processar os alimentos digeridos, reduzindo a sensação de peso estomacal e refluxo. As fibras melhoram o trânsito intestinal e previnem a constipação. É importante que o consumo de água esteja correto para se conseguir este efeito.  

Leia também: Comer frutas depois da refeição ajuda ou atrapalha a digestão?

Propriedades do abacaxi

Uma fatia média (100 g), contém cerca de 50 kcal, 13 g de carboidratos e altos níveis de fibras (1,4 g), bromelina, vitamina A, betacaroteno, potássio, vitamina C e  quantidades irrisórias de gordura. 

Suco ou fruta in natura?

Ambos são excelentes para a saúde. Uma porção de 100 g da fruta por dia ou 1 copo de suco de 200 ml oferecem benefícios, mas tente sempre priorizar a fruta in natura para obter 100% de suas propriedades. Mas lembre-se de que incluir açúcar no suco aumenta a quantidade de calorias sem agregar valor nutricional, o.k.? 

Formas de consumir abacaxi

A fruta tropical é muito versátil para qualquer tipo de refeição. Vai bem em receitas salgadas, dando sabor agridoce ao prato. Saladas de frutas, de vegetais, maioneses, vitaminas, mix de sucos e consumido in natura, com uma pitada de canela, são exemplos de variedade e mais prazer para o paladar. A casca, normalmente desprezada, é ótima para fazer chás. 

Contraindicações

Existem algumas, por causa de seu nível de acidez e devido a determinadas propriedades do abacaxi. Por exemplo, pessoas que utilizam remédios coagulantes devem evitar a ingestão do alimento em excesso para não atrapalhar a ação do medicamento. Pacientes com úlcera estomacal e artrite reumatoide também devem consultar um médico para avaliar o consumo. 

Fonte: Giselle Santos, nutricionista graduada pela universidade São Camilo, pós-graduada em nutrição esportiva funcional, fisiologia do exercício e fitoterapia. É atleta de elite do CrossFit do Brasil e proprietária da clínica Healthy Spot e da Laricas Fitness, empresa especializada em doces fitness.

Desafio 7kgs em 6 semanas!

Elimine até 7kgs em apenas 6 semanas!

 
 

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.